Buscar notícia


O novo consumidor desafia as estratégias de marketing

A tecnologia transformou o antes passivo consumidor em ativo, modificando o futuro do varejo

22/01/2019
Por: ALSHOP Marketing
Fonte: ALSHOP e Administradores


O novo consumidor desafia as estratégias de marketing

Durante a NRF 2019 um dos temas mais discutidos no evento foi a nova jornada do consumidor. Hoje em dia existem dois universos de canais na jornada: o Off-line com TVs, Jornais impressos, Folhetos, Outdoors, Busdoors, Rádios e Pontos de Venda; e o universo On-line, onde há sites de vendas, serviços de comparação de preços, portais, blogs, fóruns de discussão, vídeos e redes sociais. Entenda um pouco sobre esse movimento que vem desafiando o marketing:

Anteriormente estes canais eram completamente separados, não havia interferência ou influência entre eles. O consumidor estava em um ou em outro canal.

Inegavelmente isto mudou após a junção do computador, SMS, GPS, câmera filmadora e internet dentro do celular. De repente, tudo mudou! Tudo se conectou e vai se conectar mais ainda daqui a pouco.

Entenda como isso aconteceu e os impactos que isto causará no futuro do varejo:

Veja também: Bom início de ano eleva expectativa sobre os melhores investimentos de 2019

Off e Online se misturam

matrix consumidor universo online e offline

No filme Matrix, Morpheu fala sobre a junção do off e do online e Neo deve escolher se participará disso ou não. Trata-se do conceito de Cibercultura do autor Pierre Lévy.

Conforme o consumidor esteja sempre On-line, os dois universos e canais não são mais isolados. Na verdade, agora eles se complementam e interagem entre si.

O consumidor que está sentado no sofá, assistindo ao seu programa de TV preferido, também tem o celular ao lado, a segunda tela, para consultar a internet quando quiser.

Pesquisar informações, fazer um comentário nas redes sociais e até encomendar um produto ou contratar um serviço anunciado na TV está na palma da mão.

O que muda na nova jornada do consumidor

man_shopping_in_store_iwth_phone_1180x775.jpg__1180x775_q85_crop_subsampling-2_upscale consumidor

Reprodução: Salmon

A nova jornada deste comprador sempre conectado pode começar através de um anúncio na TV ou em um post sobre o produto em sua rede social. Então, o consumidor verifica o preço do produto na loja On-line e finaliza a compra na loja física.

Isto tem atraido a atenção de lojas de ponta norte-americanas, atentas a tecnologias que atraiam clientes, como a VR (Realidade Virtual) — como visto no Portal Alshop.

Todos os caminhos levam à compra

mulher-com-sacos-de-compras-segurando-smartphone_23-2147652180 consumidor

Reprodução: Pxhere

Não existe mais apenas um caminho para a jornada do consumidor. O comprador também pode receber um e-mail sobre o produto, experimentá-lo na loja física e, dentro da própria loja física, acessar a internet mais uma vez através do seu smartphone, entrar em um site de comparação de preços e finalizar a compra em um e-commerce com a melhor oferta. Este comportamento é chamado de showrooming.

Cada canal tem seus benefícios próprios. Existem inúmeras possibilidades de jornadas que o consumidor pode fazer. A responsabilidade e o desafio das empresas e lojistas é estar presente em todos os canais On-line e Off-line e oferecer a melhor experiência para o consumidor em todos eles.

O foco agora é na “experiência do cliente” e em sua jornada

holiday-shopping-1921658_960_720 consumidor

Reprodução: Pxhere

Certamente o método AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Ação), controle e gerenciamento do funil de vendas, nunca foi tão necessário nas estratégias das companhias em um mercado cada vez mais competitivo, complexo e multimídia.

Assim, na disputa pelo cliente, ganha quem conseguir se comunicar melhor com seu prospect em todas as fases do funil de vendas, durante toda a jornada do consumidor. Sobretudo, quem conseguir entregar a melhor experiência antes, durante e no pós-venda terá a oportunidade dos sonhos de qualquer empresa: conquistar o coração do cliente.

Em suma

painel NRF 2019 consumidor

Reprodução: NRF

Inegavelmente as empresas tem de se adaptar a nova realidade. Não existe uma coisa OU outra e sim uma coisa e outra. O produto que sua empresa vende precisa ter informações On-line e Off-line.

Portanto, as corporações precisam entender melhor o momento de compra do consumidor. Existe até um novo campo de conhecimento surgindo chamado de Marketing de Momento, mas isto é papo para outra hora.

Tudo isto foi apresentado durante a NRF 2019 e precisa entrar na cabeça das empresas, varejistas e brasileiros.

Fique sempre por dentro das nossas novidades, acesse nossas mídias sociais e nosso portal de notícias:

Portal de Notícias: https://goo.gl/xaKMbH

Facebook: https://goo.gl/eMwd8r

Linkedin: https://goo.gl/XSHcHg

YouTube: https://goo.gl/hkhfnX

Instagram: http://bit.ly/2MbwFQM 

Via Administradores

Siga a gente!
0


Últimas Notícias


ESTUDO APONTA CRESCIMENTO DO E-COMMERCE
Estudo realizado pela Cognizant, uma das empresas líderes mundiais em tecnologia e negócios, mostrou crescimento de compras de bens de consumo por meio digital até 2025. O e-commerce e o celular devem dominar o mercado, isso… Ler mais
21/05/2019 Comentários.
Reforma da previdência será benéfica para os varejistas
Atualmente todo o País se encontra de olhos atentos para acompanhar quais serão os próximos passos da aprovação da Reforma da Previdência junto ao Congresso e tentar entender de que forma isso os afetaria. Os impactos… Ler mais
20/05/2019 Comentários.
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
LinkedIn
Instagram