Buscar notícia


Em conversa com Paulo Guedes, ALSHOP defende lojistas e ações urgentes contra a crise

6/04/2020
Por: ALSHOP Marketing
Fonte:
Em conversa com Paulo Guedes, ALSHOP defende lojistas e ações urgentes contra a crise

Em um reunião online com milhares de empresários e representantes de entidades de serviço de todo o país o Ministro da Economia Paulo Guedes falou hoje sobre as ações do governo no combate à crise econômica decorrente da pandemia do COVID-19.

A ALSHOP participou do encontro promovido pela UNECS e seu presidente George Pinheiro.
O ministro falou direto aos empresários sobre as ações urgentes tomadas para reduzir os impactos da crise que paralisa a economia do país.

Entre as ações, o presidente da ALSHOP Nabil Sahyoun, destacou que a linha de crédito do BNDES deve ter um acesso rápido, sem burocracia, para o empresário conseguir passar pela crise. “A sociedade varejista tem confiança no trabalho do ministério. São 450 milhões de brasileiros que passam pelos mais de 550 shoppings pelo país que reúne 60 segmentos e 70% dessse grupo são pequenos empresários”, pontuou.

O ministro Paulo Guedes se comprometeu a agilizar a disponibilidade de recursos para garantir os empregos do setor, estimados em mais de 3 milhões de pessoas. Lembrou, porém, que o setor privado tem contribuído com a recuperação econômica enquanto “o poder público foi exaurido na sua capacidade de investimento nos últimos anos mas certamente vamos retomar com a ajuda do setor varejista e de serviços, vamos avançar nas reformas e o setor privado é muito importante” destacou o ministro Paulo Guedes.

O setor de vestuário

Nabil Sahyoun lembrou ao ministro que “Metade das lojas são de vestuário e imagine o drama de quem foi pego de surpresa com esta situação do vírus. Quando retornarmos sabemos que esse estoque grande será líquidado para troca de coleções e precisamos dar apoio aos pequenos lojistas”.

O presidente da ALSHOP destacou ações internas que tem contribuído para aliviar o cenário de dificuldade para os lojistas. Glauco Humai presidente da Abrasce, destacou ações de isenção de pagamento do aluguel, como medida temporária neste momento de crise.

“A nossa busca é pelos pequenos. Sabemos que os franqueadores estão esticando o pagamento de produtos para daqui a dois ou três meses fazendo o que é possível mas precisamos de agilidade nestas decisões para alívio desta situação ao pequeno empresário”, ressaltou Nabil.

Paulo Guedes ouviu propostas de desoneração, suspensão do pagamento de tributos, ideias para manter o nível de emprego do setor de varejo e serviços e se comprometeu a continuar trabalhando para reduzir o impacto econômico nesta crise. George Pinheiro destacou que mais de 500 mil empresários, líderes de entidades além de políticos e técnicos, acompanharam o webinar na tarde deste sábado.

Confira o debate na íntegra: https://youtu.be/Oog7XtZ3MOA


Últimas Notícias


Reabertura gradual da economia no estado de São Paulo
O governo de São Paulo lançou nesta quarta-feira, 27 de maio, o Plano São Paulo, um planejamento para a reabertura gradual da economia no estado. Em quarentena desde o dia 24 de março, São Paulo inicia… Ler mais
28/05/2020 Comentários.
Sondagens com consumidor e empresário do setor de comércio apresentam melhora em maio, conforme divulgado há pouco pela FGV
O Índice de Confiança do Consumidor subiu 3,9 pontos em maio, para 62,1 pontos. Essa alta veio abaixo do que foi apontado na prévia, divulgada alguns dias atrás.    O resultado agregado foi puxado pelo componente… Ler mais
26/05/2020 Comentários.