Notícias
Notícias
Confira todas as matérias relacionadas ao varejo de shopping centers.


BUSCA DE NOTÍCIA
ANO:
MÊS:
TIPO:


06/10/2017
Notícias
Quiosques: boa opção para a sua marca?
Por: Daniela Santos
Fonte: Daniela Santos

Formato permite "experimentações" com custo baixo

Os frequentadores de shopping centers já perceberam: é cada vez mais comum encontrar um quiosque vendendo produtos e serviços nos corredores dos empreendimentos. Embora o formato não seja novo e não haja dados consolidados sobre a expansão dele, é fato que marcas reconhecidas e outras mais novas aderiram ao formato, seja para promover uma campanha ou produto específico, para aumentar a presença no mall ou, simplesmente, para beneficiar-se do contato direto com os consumidores e dos aluguéis mais baratos.

“As operações de quiosque estão aumentando em número e, também, em qualidade”, pondera o especialista em Shopping Center e Varejo, e Diretor Geral da consultoria Make it Work, Michel Cutait. “A facilidade para instalar essas operações, o custo nominal mais reduzido da locação, a diversidade de ofertas para os clientes e a flexibilidade de poder testar mercados novos sem fazer grandes investimentos são os motivos para que os quiosques estejam cada vez mais presentes nos Shopping Centers”, completa o especialista.

 

Operação simples para todos os segmentos

As marcas também enxergam essas vantagens. "Operar um quiosque é mais simples do que uma loja tradicional", afirma Cristiane Capella, diretora da NYS Collection, no Brasil. "Além disso, o valor da locação é bem inferior ao de loja tradicional e geralmente o quiosque é instalado em corredores de bom fluxo de clientes, fato este que contribui para alavancar as vendas", diz.

Quiosque NYS Collection

A empresária conta que vê o formato funcionar em praticamente todos os segmentos do varejo, mas faz um alerta: "apenas destaco a importância da adequação do produto ao perfil do Shopping Center", avalia, ponderando que não vê obstáculos para o bom êxito da operação.

Já Cutait que "nem todas as marcas conseguem desenvolver um quiosque tradicional, porque o quiosque tem um espaço reduzido para a oferta dos produtos, praticamente sem lugar para estoque e com área de venda limitada ao espaço da instalação, portanto, alguns produtos não funcionam para quiosques", acredita.

Porém, o especialista em varejo e shopping centers acredita de produtos como acessórios de moda, produtos e serviços de estética e itens para o lar adaptam-se bem ao formato. "A presença dos quiosques nos shoppings é muito benéfica para os consumidores porque podem ter acesso a produtos diferentes, de marcas pouco conhecidas, normalmente com preços vantajosos, sem ter que sair dos corredores do mall", resume.

 

Teste novos produtos, praças e consumidores

Cutait ressalta, ainda, que as vantagens desse formato de operação propiciam às marcas o teste de novos canais de venda, que podem ser usados como “piloto” para verificar as oportunidades de produtos, praças e consumidores. "Há também um movimento bastante intenso de lojas pop-up, que até podem ter um formato de quiosque, mas oferecem uma estrutura um pouco mais elaborada, inclusive dentro de espaços físicos das lojas normais", pontua.

Ainda em dúvidas sobre aderir ou não ao formato? Então lembre-se da facilidade de instalação, do custo reduzido de locação, da diversidade de ofertas para os clientes e da flexibilidade em testar novos mercados sem um grande investimento.

Considerando essas benesses, Cutait conclui dizendo que "o formato de quiosques deve seguir em crescimento, especialmente porque os varejistas e também os Shopping Centers perceberam que esse modelo de negócio pode facilitar a aquisição de novas marcas, diversificar a oferta dentro dos empreendimentos e manter a novidade junto aos clientes e consumidores".