Notícias
Notícias
Confira todas as matérias relacionadas ao varejo de shopping centers.


BUSCA DE NOTÍCIA
ANO:
MÊS:
TIPO:


13/04/2017
Notícias
IBGE: resultados das vendas do varejo do início deste ano
Por: DEPEC - Bradesco
Fonte: DEPEC - Bradesco

IBGE: resultados das vendas do varejo do início deste ano foram influenciados por revisão metodológica das séries

 

Os últimos dados de vendas do varejo trouxeram importante revisão das séries históricas, diante da mudança metodológica da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) a partir deste ano. Assim, os resultados de janeiro apresentaram forte elevação na margem, ao contrário da queda mostrada em sua primeira divulgação. As vendas reais do comércio varejista restrito recuaram 0,2% entre janeiro e fevereiro, descontados os efeitos sazonais, de acordo com a PMC divulgada ontem pelo IBGE. O resultado foi inferior à nossa projeção e à mediana das expectativas do mercado, de altas de 0,2% e de 0,4%, respectivamente, segundo coleta realizada pela Bloomberg. A surpresa foi explicada, pelo menos em parte, pela mudança metodológica da pesquisa. O dado de janeiro deste ano, por exemplo, foi revisto de uma queda de 0,7% na margem para uma alta de 5,5%. Na comparação interanual, as vendas caíram 3,2% e acumulam queda de 5,4% nos últimos doze meses. A revisão metodológica consistiu no aumento da amostra das empresas pesquisadas, na mudança do ano base da pesquisa de 2011 para 2014 e na adoção de novas ponderações para as empresas, para que passem a representar a Pesquisa Anual de Comércio de 2014. Em contrapartida, o volume de vendas do comércio varejista ampliado, que também contempla os segmentos de veículos e materiais de construção, avançou 1,4% na margem, na série dessazonalizada. Tal elevação refletiu principalmente a relativa estabilidade das vendas de veículos e motos, partes e peças, que registraram modesto crescimento de 0,1%. Já material de construção caiu 1,3% no período. Em relação a fevereiro do ano passado, a atividade do o comércio ampliado recuou 4,2%. Seguimos esperando crescimento de 0,3% do PIB no primeiro trimestre, diante da expansão da atividade agrícola no período. As estimativas da safra atual divulgadas nesta semana pelo IBGE e pela Conab corroboram tal cenário.