Notícias
Notícias
Confira todas as matérias relacionadas ao varejo de shopping centers.


BUSCA DE NOTÍCIA
ANO:
MÊS:
TIPO:


23/08/2017
Notícias
Financiamentos da Desenvolve SP crescem 20% no 1º semestre
Por: Sem autor
Fonte: Sem fonte
Bom resultado foi puxado pelo crédito para capital de giro para pequenas empresas e investimentos em inovação
 
A Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista desembolsou R$ 168,5 milhões em financiamentos para pequenas e médias empresas e prefeituras paulistas no primeiro semestre de 2017, alta de 20% em comparação ao mesmo período de 2016. De acordo com o balanço, o aumento foi puxado principalmente pelos investimentos dos setores da indústria e serviços. Tanto os desembolsos para projetos de investimento como para capital de giro também registram alta.
Desempenho Setorial
A indústria foi responsável por tomar 49% dos R$ 168,5 milhões desembolsados pela Agência¬ neste primeiro semestre. Foram R$ 83 milhões investidos pelo setor entre janeiro e junho deste ano ante R$ 39,7 em igual período em 2016. A participação do setor de serviços no montante geral cresceu 10 pontos percentuais e chegou a 35% do total financiado, com R$ 69,4 milhões. Os setores do comércio e agronegócio, que também registraram aumento, demandaram 6% e 1% dos financiamentos, respectivamente. Os 9% restantes foram desembolsados para o setor público.
 
Porte x Tipo de Investimento
Para incentivar a economia, as agências de desenvolvimento, diferente dos bancos de varejo, oferecem juros mais baixos e prazos mais longos, facilitando o acesso das pequenas e médias empresas ao crédito sustentável. No primeiro semestre de 2017, 93,5% dos financiamentos realizados pela Desenvolve SP foram demandados pelos negócios de pequeno e médio porte.
A maior parte dos recursos foi destinada ao investimento fixo, como a implantação, expansão e a modernização de empresas. Esse tipo de investimento registrou alta de 12%, saltando de R$ 112,8 milhões em 2016 para R$ 126,7 milhões em 2017. Nas operações de capital de giro, o aumento foi de 54%, chegando a R$ 41,8 milhões desembolsados nesse primeiro semestre contra R$ 27,2 milhões de 2016.
“Ficamos otimistas com resultados alcançados no primeiro semestre de 2017. Crescemos mais que o mercado de crédito como um todo e temos perspectiva positiva para o segundo semestre”, diz Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP. “O Crédito Digital, de capital de giro, e os financiamentos para inovação foram os que mais tiveram destaque, temos confiança que vamos fechar este ano melhor que o ano passado”, acrescenta. 
Inovação
Outro destaque foram os financiamentos para inovação. A Desenvolve SP, única agência de fomento do País a oferecer seis linhas de crédito voltadas ao tema, desembolsou R$ 20,5 milhões para projetos inovadores (disruptivos e incrementais), valor 22% superior aos R$ 16,7 milhões registrados em igual período de 2016. 
“Além do momento econômico, que exige das empresas a inovação para que se mantenham no mercado, os esforços e estratégias da Desenvolve SP para incentivar uma economia cada vez mais inovadora refletiram diretamente no aumento dos desembolsos e na qualidade dos projetos inovadores que estão sendo financiados em todo o Estado de São Paulo”, diz Santos.
 
Regiões que mais investem
No ranking das regiões que mais investiram ao longo do primeiro semestre figuram a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), a Região Metropolitana de Campinas (RMC), a região do Vale do Paraíba e Litoral Norte, e a Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), nesta ordem. Juntas, elas totalizaram R$ 95,7 milhões em investimentos por meio de suas pequenas e médias empresas, ou seja, 57% dos investimentos realizados em todo o estado durante o período.